A equipe

Teatro para Bebês Logo Reg
 
Teatro para Bebês topo

A equipe que colabora para a alegria do Teatro para Bebês acontecer

(Clique nas fotos ou role a página para saber mais dos profissionais que fazem o Teatro para Bebês existir)

 
Teatro para Bebês Liliana Rosa atriz   Teatro para Bebês Alan de Oliveira Diretor   Auxiliar Contrarregra   Consultora em MKT Cultural   Teatro para Bebês Clívia Cohen cenógrafa
           
 
   

A ATRIZ, LILIANA ROSA:

 
     Liliana Rosa é Licenciada em Estudos Teatrais e Bacharel em Formação de Atores pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo em Portugal. A atriz portuguesa, residente na cidade do Rio de Janeiro - RJ, é especialista em métodos teatrais para a infância com técnicas elaboradas na Europa e Brasil. Atuou em 35 e dirigiu 7 espetáculos. Teve 3 direções apoiadas pela Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa.
 
     Apresentou-se em festivais na França, Espanha, Luxemburgo, Dinamarca e estados brasileiros. A primeira apresentação no Brasil foi em 2000 com a Cia. Teatral Art`Imagem do Porto. Também é profissional em direção teatral, dramaturgia, cenografia e produção teatral. Se profissionalizou com mestres do teatro mundial como Eugenio Barba (Italia/Dinamarca), Eimuntas Nekrosius (Lituania), Michel Laubu (França), Julio Castronuovo (Espanha), dentre outros.
 
     Iniciou os trabalhos de “Teatro para Bebês” em 2000 com técnicas como o “clown”, a pantomima, teatro de bonecos, dança, circo, canto e acrobacia teatral. Com "O Semeador de Palavras"  se apresentou em 2005 em escolas  portuguesas,  hospitais e centros de crianças portadoras de deficiência.
 
     Protagonizou espetáculos infantis de destaque na cena européia como "Todo o Mundo é um Palco”, "Era uma vez", "Eu conto, tu contas, ele conta".
 
     Protagonizou comerciais de TV e três curtas-metragens. Também atuou e produziu no longa-metragem “Efeito Sanfona”. Integrou Cias. européias como Teatro do Morcego - Laboratório Oficina (Coimbra), Poetas P´la Trela (Porto), Teatro do Vale de Sousa (Paredes) e teve contato com o trabalho de mestres do teatro como Judith Malina (primeira a interpretar a Grandma da Família Addams), Roberta Carreri, Polina Klimovitskaia, Júlia Varley, Krystian Lupa, Sarah Turton, Béatrice Picon-Vallin, Gennadi Bogdanov, João Mota, José Abreu Fonseca, entre outros. Dirigiu espetáculos como “Gnomos e estórias sem pernas”, “Homem Arböre”, “Dama pé de cabra” e a comédia “DivertidaMente”, sucessos de crítica e bilheteria.
 
     No Brasil integrou a Cooperativa Paulista; Cia. Dragão 7 e esteve em contato com o trabalho de Paulo Autran. Também se especializou junto aos trabalhos de Antônio Amâncio e Roumer Canhães.
 
     Após loboriosa pesquisa em Portugal e Brasil, com crianças com idades entre 06 meses e 06 anos, mudou-se de país fixando a Cia. Teatro para Bebês Liliana Rosa no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro. Assim deu origem à primeira Cia. especializada no gênero criada no país e, posteriormente aos trabalhos compilados com a primeira infância brasileira, ao primeiro espetáculo de teatro para bebês da Cia., “O Cirquinho de Luísa”. No Brasil, foi em 2007 que obteve o reconhecimento do grande público ao seu trabalho, já desenvolvido em creches e escolas, no gênero de teatro para bebês, com a peça citada, após a laboriosa pesquisa desenvolvida no novo país agregada aos anos de pesquisa relacionada ao comportamento de bebês e primeira infância que desenvolvia há alguns anos na Europa.
 
     É professora de teatro, musicalização infantil, artes integradas e ritmo e movimento. No convívio semanal com centenas de crianças aplica em suas matérias motivações sociais, pedagógicas, afetivas, de cidadania, consciência do mundo, das artes e do conceito de família. A intimidade da atriz com esta faixa etária é um dos pilares da Cia.
 
 
     Voltar para as fotos da equipe
 
 
 

O DIRETOR E PRODUTOR, ALAN DE OLIVEIRA:

 
     O diretor Alan de Oliveira integra a Cia. desde 2010 nas funções de pesquisa e direção, texto, produção musical, e na supervisão em desenho de luz, audiovisual, divulgação e marketing cultural dos espetáculos. 

     Teve uma de suas  produções eleita em 2008 pela Indaba Music, dentre mais de 3000 trabalhos analisados, como uma das 18 melhores do mundo onde produziu para a cantora norte-americana Mariah Carey o remix em jazz e bossa da música “I’ll be Loving You Long Time”.
 
     Como instrumentista acompanhou a cantora Georgia Brown que consta no livro dos records Guiness Book como a maior extensão vocal do mundo e integrou ao piano grupos musicais brasileiros.
 
     Em 2013 recebeu o prêmio de melhor trabalho na Noruega no concurso mundial realizado pela Clipcanvas.
 
     Foi premiado em 2006 como melhor filme no festival da GVT e desde 2010 trabalha como ator nas empresas Record e TV Globo com participações em novelas e seriados, com destaque para o elenco de “Vidas em Jogo” onde interpretou a personagem Zaca.
 
     É formado pela Escola de Atores Veiga Valle em Goiânia e no Rio de Janeiro foi especializado em direção de atores segundo o método de Constantin Stanislavski.
 
     Foi um dos selecionados para o “Curso de Atores Nossa Senhora do Teatro” sob a luz dos ensinamentos da atriz Fernanda Montenegro e dos atores Sérgio Britto e Ricardo Vassilievitch.
 
     Integrou o Curso de Interpretação para TV com o diretor William Vita e de Produção para Cinema com Daniela Arantes (produtora do clip de Michael Jackson no Brasil).
 
     Em 2015 foi selecionado para a Master Class realizada no Rio de Janeiro com o diretor da TV Globo Marcelo Zambelli.
 
     Participou de comerciais para marcas como Brahma e Ford.
 
     Em 2008, integrou a turma do preparador de atores Sérgio Penna (coach de Rodrigo Santoro e outros).
 
     Trabalhou em dublagens como “Peixe Frito”, curta ganhador de prêmios da categoria.
 
     Trabalhou como professor de música para alunos da Universidade de Goiânia e em escolas do Rio de Janeiro com crianças dos 06 meses aos 06 anos na inicialização musical e teatral.
 
     Dirigiu clipes e shows musicais no Centro-Oeste e produziu artístas como o violeiro clássico Marcus Biancardini, André e Adriano (conhecidos pela música Jeripoca), Roberto Quintanilla, Gilberto Correia. Para a publicidade produziu jingles de empresas brasileiras.
 
     Em 2009 interpretou o Sr. Jordain em "O Burguês Fidalgo" de Molière e o velho Luka do drama russo de Maxim Gorki. 
 
     Ainda em 2013 fez a dublagem do Sapinho de “A Florestinha da Pati” e das personagens Sr. Sol, Esquilinho e Tatuzinho.
 
     Para a Cia. Teatro para Bebês, aplica o aprendizado nas artes e a paixão que tem por crianças.
 
    
 
 

 

A AUXILIAR EM CONTRARREGRAGEM, PAULA REGO:

 
     Graduanda em Letras (Português-Inglês) pela UNESA e em Direito pela UCAM, sempre teve na arte a sua mais genuína motivação.
 
     Em 1998 iniciou seus estudos teatrais, tendo feito inúmeros cursos, sendo os de maior destaque o Teatro Escola Rosane Gofman e o Curso de Interpretação para Televisão com a instrutora de dramaturgia da TV Globo, Sílvia Pareja.
 
     Em 2003 atuou no espetáculo "Aquele que diz sim, aquele que diz não", de Bertolt Brecht no Teatro América.
 
     Em 2004 atuou nos espetáculos "Críticas em Cena I" e "Críticas em Cena II", pela Companhia de Teatro Botafequedá, de onde saiu em 2005 para integrar o primeiro elenco do atualmente renomado espetáculo "Comédia em Pé", no qual atuou como convidada, ao lado de nomes como Cláudio Torres Gonzaga, Paulo Carvalho, dentre outros.
 
     Foi convidada pelo humorista Fernando Ceylão, para fazer assistência de direção no espetáculo "Desesperados", com formação inicial de Álamo Facó, Igor Paiva e Bruno Mazzeo.
 
     Trabalhou como assistente de Marketing Cultural com a produtora Gheu Tibério em inúmeros espetáculos , dentre eles "Baby- o musical", grande sucesso da Broadway, produzido no Brasil por Eduardo Bakr e Tadeu Aguiar, com direção de Fred Hanson e "Gato Branco", de Jô Bilac e direção de João Fonseca.
 
     Na Cia. Teatro para Bebês, em "A Florestinha de Pati", também dublou as vozes da "Dona Cobra" e "Dona Arara".
 
 

 

A CONSULTORA EM MARKETING CULTURAL, GHEU TIBÉRIO:

 
     Importantes consultorias no que envolve a relação entre empresas e espetáculos. Jornalista e produtora cultural há 16 anos e presente em projetos importantes no cenário teatral carioca. 
  
    Foram mais de 60 espetáculos produzidos com destaque para as peças: "Hairspray" com direção de Miguel Falabella; "Os produtores" com Juliana Paes, Miguel Falabela e Vladimir Brichta; "Avenida Q"; "Pterodátilos" com Marco Nanini; "7- o musical"; "O despertar da primavera"; "Os 39 degraus" com Dan Stubalch e Danton Mello; "Eu te amo" com Alexandre Borges; "Oui Oui ... a França é aqui"; "As pontes de Madison" com Marcos Caruso;  "Tim Maia, Vale tudo – o musical, com Tiago Abravanel; "A partilha" com Arlete Sales, Suzana Vieira, Patrícia Travassos e Threza Piffer; "As mimosas da Praça Tiradentes" com Gustavo Gasparani, "Cabaret" com Claudia Raia;  "Alô Dolly" com Miguel Falabella e Marília Pera; "Razões para ser bonita" com Ingrid Guimarães e Marcelo Faria; "Thriller Live Brasil Tour" (show londrino tributo a Michael Jackson); entre outros.     
 
 
 
 
 

A CENÓGRAFA, CLÍVIA COHEN:

      Outra antiga parceria que gera lindos resultados desde o início de nossa Cia. Requisitada cenógrafa e ilustradora com grande experiência em trabalhos realizados para o teatro, TV e outros. 
 
     Em 2003 ganhou o prêmio Maria Clara Machado de melhor cenário com o espetáculo "Cosquinha".
 
     Em 2011 foi indicada ao prêmio Zilka Salaberry por melhor figurino para o espetáculo "O Patinho Feio".
 
     Dentre os seus trabalhos vale citar:
 
     PARA TV:
 
  "Criança Esperança" (Cenografia e adereços); "A Turma do Didi" (Adereços e figurinos); "Os Caras de Pau" (Adereços); "A diarista" (Adereços); dentre outros. 
 
     PARA TEATRO:
 
     "Gaiola das Loucas" com direção de Miguel Falabella; "O Sítio do Pica Pau Amarelo" com direção de Carlos Thiré - Lisboa / SIC-Globo; "Fascinante Gershwin" com direção de Rubens Lima Jr. e supervisão da atriz Marília Pera; "Galinha Pintadinha - O Musical" com direção de Ernesto Piccolo; "A espera"  com direção de Cininha de Paula; "Os homens são de Marte... E é pra lá que eu vou" com direção de Victor Garcia Peralta; "História de Nós Dois" com direção de Ernesto Piccolo; dentre outros.

     Para a Cia. Teatro para Bebês, Clívia dá forma ao conceito com destreza e sensibilidade visualizando cada detalhe neste trabalho minucioso com bebês Mostra uma percepção rápida do que a Cia. tem em mente para a peça, aconselhando com destreza meios mais viáveis de se executar as idéias com flexibilidade no que diz respeito a mudanças de direções dentro de um determinado projeto. Mostra um vocabulário extenso no que se refere a materiais que podem ser utilizados e apresenta novas idéias com propriedade.
 
 
 
Teatro para Bebês engatinhar
Teatro para Bebês topo
site desenvolvido por Alan de Oliveira: www.mixaudioevideo.com.br
 
 
 
Clique nas logomarcas abaixo e saiba mais de quem está mudando o mundo para melhor, apoiando a sustentabilidade e os conceitos sociais trabalhados pela Cia. Teatro para Bebês:
 
Teatro para Bebês - Apoiadores - Janeiro de 2017


Enviar esta página por e-mail ou compartilhar por outros aplicativos:
 
Comments